Skip to content

Patricia Field

abril 9, 2010

Patricia Field pode não ter um nome tão conhecido como estilista, mas como figurinista ela é um dos gênios da nossa geração. Field conheceu Sarah Jessica Parker em 95 e, anos mais tarde, foi convidada pela atriz para criar algumas roupas para a sua personagem Carrie Bradshaw no seriado Sex and the City. Resultado: o seriado ficou tão conhecido pela irreverência e criatividade quanto pela moda implantada por Field.

Obviamente os looks femininos da figurinista são os mais conhecidos, mas ela confessou em reportagem dada aos extras de Sex and the City – O filme, que tem uma paixão em criar looks masculinos.

Vamos relembrar alguns dos personagens mais estilosos que ela já vestiu:

SEX AND THE CITY: Stanford Blatch era o melhor amigo gay de Carrie no seriado, e ousava demais nas roupas. Era demasiado colorido, colocava peças bem bacanas, embora extravagantes demais. Mr. Big, a paixão de Carrie, era o típico nova yorkino empresário. Ternos eram sua principal roupa, mas Field conseguia moldar alguns looks bem interessantes, destacando a gravata com uma cor diferente, por exemplo. Smith Jarrod, namorado da divertida Samantha, era bem mulecão no seriado, já no filme, interpretando um ator bem sucedido em Hollywood, foi ficando bem chique, com um “L.A. Look” por assim dizer.

Field também trabalhou em um dos filmes mais aguardados pelos fashionistas em 2006, O Diabo Veste Prada. De fato, ela foi uma das personagens mais importantes para o sucesso deste filme, mesmo que por trás das câmeras. Realizar um filme de moda é muito complicado, pois o que está sendo filmado agora, meses mais tarde já terá saído de moda. Field no entanto, sabia o que estaria sendo mostrado nas passarelas depois de 8, 10 meses e fez um filme extremamente criativo, chique, elegante e atual para o ano.


O DIABO VESTE PRADA: Começando pelo galante Christian Thompson, interpretado por Simon Baker, era um escritor de revistas que estava por dentro de todo o mundo da moda. Por este motivo, não podia deixar de usar peças diferentes e ousar no visual. Nate era de fato o mais largado, mas mesmo assim teve algumas peças interessantes de se ver no filme. Por fim, Nigel, interpretado pelo talentosíssimo Stanley Tucci, era o diretor de arte da revista de moda Runway e estava sempre com roupas mais extravagantes. Field ousa muito mais com os personagens gays. É como eu ouvi uma vez: primeiro os gays, depois os artistas, depois a massa!

PATRICIA FIELD: Aqui vão algumas peças da própria Field que podem ser adquiridas pelo site da estilista. Tem umas coisas meio sadomasoquistas, alguns acessórios  muito diferentes, mas algumas peças legais. Detalhe, essa segunda Camisa está no clip Rude Boy da Rihana e a terceira está em Video Phone da Beyoncé!


Patricia Field também trabalhou em Ugly Betty (Série que infelizmente eu não acompanhei), concorreu ao oscar e Bafta de Melhor figurino por O Diabo Veste Prada, ganhou dois Emmys e  5 “Costume Designers Guild Award” pelo seus trabalhos em Sex and The City e Ugly Betty. Eu anseio pelos novos trabalhos dessa excelente figurinista.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: