Skip to content

Tommy Ton for GQ

janeiro 20, 2011
tags:

O fotógrafo e blogueiro Tommy Ton tem uma visão apurada para os detalhes na moda. O Jak & Jil é hoje um dos blogs mais influentes do street style e claro que ele cobre as ruas européias nas temporadas de desfiles. Essas foram feitas para a GQ e podemos ver os homens mais estilosos do mundo vestindo tendências e muitas grifes, tornando as ruas italianas nas mais autênticas passarelas.

Fur Fur Fur… [MFW]

janeiro 19, 2011

Os desfiles de Milão passaram e o que eu mais vi nas coleções foram as peles. Tiradas dos pobres animaizinhos ou falsas, elas estavam dos pés à cabeça, em detalhes dos casacos ou em casacos inteiros. O inverno europeu será bem quente e confortável, tendo em vista que as proporções da alfaiataria estão muito mais largas. Os paletós e blazers estão bem maiores, assim como as calças. As melhores coleções que eu vi foram da D&G (com seu pop americano em peças super desejáveis) e da Burberry (que dá vontade com que chova o inverno inteiro). Agora é ver se Paris usará tanta pele quanto Milão, o que não é muito difícil, Gaultier é muito fã.

Milão Fashion Week

janeiro 17, 2011

Começou a temporada de desfiles masculinos europeus com o Fashion Week de Milão. Caracterizado pela alfaiataria clássica e por lançar as principais tendências, Milão é o centro da classe para o homem moderno. Postarei além dos desfiles o street wear de uma das cidades mais glamurozas do mundo.

A Burberry Prorsum revolucionou os Trench Coats na temporada passada. Para o próximo inverno, Christopher Bailey deu uma repaginada nos toggle coats, trenchcoats xadrez e na jaqueta aviador.

O extraordinário desfile da Dolce & Gabbana contou com mais de 80 looks que variaram da alfaiataria italiana clássica com cortes perfeitos à cuecas samba canção e até um paletó de Paete rosa (usaria muito isso em Vegas).

Luxo foi a palavra de ordem da Ermenegildo Zegna. Celebrando os 20 anos de colaboração com a China, a grife utilizou tecidos nobres como a seda pura e cashmere fazendo uma das coleções mais chiques até agora. Os casacos de tweed estão de morrer por um.

A Emporio Armani levou o golfe para o começo da coleção e fez o encontro da alfaiataria com os tecidos mais técnicos. Tudo muito justo ao corpo em cores sóbrias.

Fashion Rio

janeiro 14, 2011

O Fashion Rio está rolando essa semana e diversas grifes já desfilaram suas coleções de Outono/Inverno. Pouca criatividade, algumas inovações, mas nada muito espetacular – o inverno brasileiro parece ser uma cópia de tendências européias em tecidos mais leves.

Se me permitem citar uma frase da editoria da Vogue Italia, Franca Sozzani, em entrevista para o portal fww.com.br: “Tendência não se compra. Quem faz tendência não compra esse tipo de informação. Esse tipo de informação é pra outra coisa, não para criar estilo. É um blefe, não tem valor. Ou você acha que a Prada compra tendência? A Prada faz. Quem vai atrás da tendência é porque não a produz, entende? Cada um tem que produzir o próprio trabalho.”

Como disse o blogueiro Bryan Boy, “os blogueiros de moda não têm que saber de tudo“. Talvez a nossa crítica seja mais levada pela informalidade e sensações, mas temos bastante informação, pois sim, lemos centenas de feeds por dia e acompanhos praticamente quase todos os desfiles. Talvez um desabafo por finalmente entender o significado de “O Brasil ainda não tem uma moda definida“.

Dois desfiles no entanto que não podem passar batido: British Colony e TNG.

Inspirado em “A Vida Marinha com Steve Zissou“, Maxime Perelmuter propõe cores vivas para o próximo inverno. Amarelo, azul e vermelho foram as cores escolhidas para a parte mais minimalista do desfile. No entanto, as estampas andinas estiveram no meio da coleção em peças clássicas do guarda-roupa masculino, como os paletós e bermudas de alfaiataria. As calças continuam sequinhas e nos pés os mocassins transpareciam a influencia pescador/navy na qual o filme de Wes Anderson se situa.

Com jornais e bolsas carteiras nas mãos, os modelos da TNG desfilaram uma coleção mais forte com uma clara pegada street e rock. As calças jeans desgastadas vieram todas dobradas na altura do tornozelo, nos pés além dos clássicos sapatos de bico fino, algumas botas interessantes. Gravatas borboletas, fedoras com abas de andarilho e os scarfs completaram a coleção que estava um pouco séria demais para a TNG, mas muito chique.

Sapato com Meias Coloridas

janeiro 13, 2011
tags:

As meninas chamadas de “truqueiras” são aquelas com altos segredinhos de estilo e beleza. As vezes um truque no detalhe levanta seu visual por completo. Truque básico para o próximo inverno é colocar uma meia colorida descombinando com o sapato e a calça que continuará no meio do calcanhar. Não acho muito legal fazer isso com jeans, mas com uma caqui ou no terno fica super preppy!

FONTE: Unabashedly Prep

Valley of the Dolls

janeiro 12, 2011
tags:

Fotos que ainda me inspiram. Fotografado por Steven Klein com TOM FORD, 2005.

Fashion Docs

janeiro 7, 2011

Parece que o ano de 2011 será o dos curtas documentários de moda. Dois blogs super conceituados, e que eu admiro bastante, já foram filmados. O primeiro foi o Style Blogger, do Dan Trepanier. Ele na verdade fará uma série de vídeos sobre estilo e seu jeito de vestir, tudo muito preppy. O mais legal é que ele disse que se inspirou naquela série da HBO “How to Make it in America”. Neste primeiro vídeo ele introduz a série de vídeos e fala como nasceu o blog. Confiram:

O segundo documentário é o do maior blog de Street Style do mundo, o Sartorialist. Chamado de “A Visual Life“, Scott Schuman fala de onde vem suas inspirações e de como trabalha sua visão para procurar pessoas que o inspirem. Curtam aí:

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.